NOTÍCIAS & NOVIDADES

Consumo de painéis de madeira teve aumento de 13,5% no Brasil

Estatísticas mostra crescimento no setor florestal, garantindo o aumento do consumo de painéis de madeira.

A indústria de base florestal segue aquecida. Em janeiro de 2018, as exportações do setor somaram US$ 901 milhões, uma alta de 17,8%, com evolução em celulose, painéis de madeira e papel. Com esse desempenho, o setor respondeu por 14,6% dos valores exportados pelas empresas brasileiras do agronegócio e 5,3% do total comercializado com o mercado externo de todas as empresas brasileiras. O saldo da balança comercial cresceu 17,5%, alcançando o valor de US$ 807 milhões.
A América Latina se manteve a frente das demais regiões do mundo quando o assunto é destino de painéis de madeira e papel.

Para os painéis, a região representou mais da metade de todo o volume exportado pelo país, o que significa US$12 milhões, avanço de 9,1% em relação a janeiro de 2017. Em papéis, a América Latina cresceu 14,3% das exportações, somando US$ 112 milhões.

Segundo o boletim mensal da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) o consumo geral (vendas domésticas e exportações) de painéis de madeira teve um crescimento de 13,5% em janeiro deste ano, comparado com o mesmo mês de 2017. Por isso, o setor vem prometendo crescimento durante todo o ano, tanto em vendas domésticas, quanto em exportações.

 

 

Vendas Domésticas

O mercado interno de painéis de madeira registrou avanço de 13,3% em suas negociações, totalizando 572 mil m³ vendidos. Já o segmento de papel encerrou janeiro de 2018 com saldo positivo de 4,9%, somando 429 mil toneladas comercializadas. Embalagens cresceu 2,1% e papéis sanitários, 11,8%.

 

Exportações em volume

Em janeiro de 2018, o setor registrou avanço nas negociações com o mercado externo em painéis e em papel. Os painéis de madeira avançaram 8,2%, alcançando 92 mil m³. O segmento de papel demonstrou crescimento de 1,7%, com um total de 175 mil toneladas.

 

Novidades e dicas sobre madeira é no Blog da Globalwood

 

 

Fonte: Ibá
Fotos: Pixabay

 

 

< Voltar