Hempcrete: cimento ecológico

Hempcrete, ou concreto de cânhamo, é composto por fibras de cânhamo industrial, cal e água. O elevado teor de sílica, presente na planta, faz com que sua junção ao cal seja plena, tornando-se um material construtivo de inúmeras vantagens e utilizado em projetos sustentáveis.

concreto ecológico
Hempcrete: concreto de fibras com elevada durabilidade.

O Hempcrete possui excelentes características mecânicas. Na concretagem, não requer juntas de dilatação, apenas o uso de fôrmas de madeira, empregadas na concretagem convencional.

Apresenta bom desempenho em relação à umidade e proporciona isolamento térmico. Suas construções têm temperatura estável e utilizam menos energia.

As paredes de Hempcrete podem ser deixadas em sua textura natural, fibrosa, ou receber argamassa para um acabamento tradicional. Externamente, o concreto ecológico deve ser protegido contra intempéries.

construções de concreto ecológico

Hempcrete

Vantagens em relação a materiais de construção convencionais
Não gera resíduos de construção
É reciclável e produzido com fontes renováveis
É resistente ao mofo e a insetos
Atóxico, possui resistência à combustão e é estanque
Absorve dióxido de carbono

 

CONCRETO VERDE

Uma construção de Hempcrete emite 30% a menos dióxido de carbono na atmosfera, se comparada à construção de concreto tradicional. Durante o plantio, o cânhamo sequestra CO2, retém carbono e libera oxigênio.

Mais de 100 kg de CO2 são aprisionados em 1 m³ de parede de Hempcrete, durante a construção. A vida útil de uma obra em Hempcrete é estimada em, pelo menos, 500 anos.

concretagem ecológica

A planta é produzida de forma fácil e não necessita de fertilizantes e agrotóxicos. Agricultores podem cultivá-la em rodízio com outras culturas.

CÂNHAMO COMO PRODUTO SUSTENTÁVEL

A genealogia do cânhamo pode criar barreiras para o seu uso, por pertencer ao gênero Cannabis. Porém, para a produção do concreto, são utilizadas plantas com baixo ou nenhum teor de Tetrahidrocanabinol (THC) – substância psicoativa presente em algumas dessas plantas.

O cânhamo para fins industriais é produzido na Europa, Reino Unido e Canadá e suas plantações são realizadas por produtores licenciados.

Sua fibra é mais resistente que o algodão e, além de ser utilizado para a produção de tecidos e cordas, é empregado na fabricação de papel, óleos, alimentos, resinas e combustíveis.

O problema, ao se cultivar cânhamo industrial, estaria na possibilidade de algumas plantações ocultarem plantas com elevado teor de THC, produzidas para o fumo, prática ilegal no Brasil.

Conheça outros projetos construtivos sustentáveis:
. Bambu, um material construtivo
. Construindo à seco
. Dicas para construções sustentáveis
 


Política de Uso
O canal Notícias tem caráter informativo. Nem todos os produtos abordados nos textos são comercializados pela empresa.
Fotos reprodução.

Recommended Posts

Leave a Comment